Carregando...
JusBrasil - Notícias
23 de abril de 2014

Governo inaugura primeiro vagão do projeto Trem-Escola

Publicado por Governo do Estado do Rio de Janeiro (extraído pelo JusBrasil) - 5 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Por Ascom da Secretaria de Ciência e Tecnologia

O secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, e o secretário de Transportes, Julio Lopes, vão inaugurar, nesta segunda-feira (15/12), às 12h30, na estação ferroviária de Nilópolis, o primeiro vagão do projeto Trem-Escola, que oferecerá cursos profissionalizantes nos bairros e municípios ao longo da malha ferroviária do estado. Serão atendidos, mensalmente, 400 alunos no horário de 7h às 20h, de segunda a sábado.

O projeto, inédito no país, foi desenvolvido nas Oficinas de Manutenção da Concessionária Supervia, parceira no Trem-Escola e que realizou os serviços de manutenção dos sistemas mecânicos e pneumáticos do vagão. Contou com a mão-de-obra dos alunos e professores da Escola Técnica Estadual de Transportes Engenheiro Silva Freire, ligada à Rede Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica), em um processo pedagogicamente enriquecedor. A participação dos alunos e professores foi essencial para a consecução do objetivo e elemento motivador na formação dos alunos, que tiveram a oportunidade de colocar em prática conhecimentos adquiridos. No processo, participaram diretamente oito professores e 30 alunos.

A Escola sobre trilhos teve seus ambientes concebidos especialmente para o desenvolvimento de cursos profissionalizantes, com ar condicionado, computadores, televisão e antenas parabólicas, além de acesso à internet, onde a comunidade poderá realizar pesquisas e imprimir segunda via de documentos. São esperados mais de 3500 acessos/mês à rede.

Para a realização do projeto foram disponibilizados inicialmente recursos da Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística - Central/Secretaria de Transportes. Posteriormente, o Projeto contou com recursos da Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro), instituição vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia (SECT). Foram também aportados recursos do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), agência do Ministério da Ciência e Tecnologia, com apoio da COPPE/UFRJ. Na etapa final, estão previstos recursos da FAETEC, outra vinculada da SECT. Os gastos totais equivalem a aproximadamente R$ 160.000,00.

O projeto foi concebido conceitualmente pelos engenheiros Mauro Soares Tavares e José Luiz Lopes Teixeira Filho e pelo arquiteto Victor Noel Saldanha Marinho, tendo sido apresentado e premiado no Congresso Panamericano de Ferrovias, que se realizou em Cuba no ano de 2000.

A Escola Silva Freire, elemento fundamental na implantação do Trem-Escola, ministra atualmente cursos técnicos na área de transportes (logística, manutenção elétrica metro-ferroviária e manutenção mecânica metro-ferroviária), cursos básicos profissionalizantes nas áreas de eletrônica, eletricidade, pneumática, automação, logística, solda, tornearia, além de cursos de informática e de idiomas (inglês, francês, espanhol e português), atendendo a aproximadamente 1.300 alunos.

O Estado do Rio de Janeiro, com seus 1.220 km de malha ferroviária, dispõe de meios físicos, operacionais e logísticos para o desenvolvimento desse projeto, que lhe permitirá agregar à sua política educacional o conceito de escolas móveis, permitindo que cada vez mais jovens e adultos tenham parte da empregabilidade necessária para tentar se manter/inserir no mercado de trabalho.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://gov-rj.jusbrasil.com.br/noticias/376675/governo-inaugura-primeiro-vagao-do-projeto-trem-escola